04 Encontro da Rede

25 Anos de Rede de Comunidades

Animador: Queridos animadores e animadoras de pequenas comunidades, chegamos aos 25 anos desse jeito nosso original de ser igreja. Rezemos para que em nossas comunidades nossos grupos não se acabem; e que nossos padres e comunidades sejam animados a restaurar esse nosso jeito de ser igreja.

ORAÇÃO INICIAL
Animador: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Cantemos: A nós descei divina luz….
Rezemos juntos: Vinde Espírito Santo…

Animador: Ao longo desses 25 anos de Rede de Comunidades, nossas comunidades enfrentaram muitos desafios, mas também muitas vitórias. Vamos partilhar?
Quais foram as conquistas e vitórias alcançadas nesse período?
Quais foram os desafios enfrentados?
Como podemos melhorar nossos grupos em nossa paróquia?
(tempo para partilha)

Animador: Nos últimos anos, muitos têm falado que o tempo das redes de comunidades já passou, que precisamos pensar em outro jeito de ser e fazer comunidades, mas a verdade é que, em muitos lugares, deixamos a rotina se abater em nossos pequenos grupos, não nos preparamos, não nos renovamos, não perseveramos e não usamos de criatividade. Sim… as redes envelheceram, lideranças se cansaram, muitas se acabaram… pois perdemos o sentido da missão e evangelização.

L1: Nossa Igreja (diocese e paróquias) precisa resgatar urgentemente a sua dimensão missionária para não correr o risco de perder aquilo que lhe é essencial: a evangelização. No entanto, para que isso aconteça, é fundamental que cada batizado recupere sua missionariedade recebida no batismo, isto é, a sua missão profética, e para isso é preciso uma série de medidas – entre elas que nos tornemos verdadeiros discípulos missionários.

L2: Mas esse resgate não se faz num passe de mágica. É preciso que a Igreja tome algumas iniciativas fundamentais, como a de renovar suas estruturas, passando de uma pastoral de manutenção para uma pastoral decididamente missionária. Mas isso não se faz sem mudança de mentalidade. Além disso, essa iniciativa não pode ser apenas teórica, é preciso que sejam apontados caminhos concretos.

Animador: Por isso estamos nos preparando para celebrar bem essa caminhada, reorganizando a equipe diocesana, formulando um subsídio que ajudará na coordenação dos encontros e um grande encontro diocesano no mês de novembro. Rezemos para que as pessoas se abram para o Espírito que renova todas as coisas.
T: Envia Teu espírito, Senhor, e renova as nossas pequenas comunidades.

PALAVRA DE DEUS
Aleluia, aleluia, aleluia.
Avancem para águas mais profundas (Lc 5, 4)
Proclamação do evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas.

LUCAS 5, 1-11
PASSOS DA LEITURA ORANTE E COMPREENSÃO DA PALAVRA
1º Passo: Leitura – ler o texto. O que o texto diz?
2º Passo: Meditação – O que Deus está me falando?
3º Passo: Oração – O que o texto me faz dizer a Deus?
4º Passo: Contemplação – Qual o meu novo olhar a partir da Palavra?

L1: O encontro com Jesus nos arranca da rotina, do “sempre fizemos assim” e nos desafia a “pescar” de maneira diferente. Sua presença alarga nossa mente e nosso coração instigando-nos a sair dos nossos estreitos mares e entrar no movimento do vasto mar que Ele nos oferece.
Em que grau Sua presença nos desperta para aquilo que devemos ser como seus (suas) seguidores (as)? (tempo para partilha)
L2: São grandes os riscos de vivermos em mares tão estreitos; é cômodo perceber, delimitar, defender e nos fecharmos no próprio mar. Isso fazemos de maneira tão zelosa que nem vemos aquilo que está para além da margem onde nos estabilizamos.
T: Vamos todos juntos avançar para águas mais profundas; vamos assumir o nosso jeito de ser igreja com animação, entusiasmo e criatividade.

Rezemos juntos:
ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES
Jesus, mestre divino, que chamastes os Apóstolos a vos seguir, continuai a passar pelos nossos caminhos, pelas nossas famílias, pelas nossas escolas, e continuai a repetir o convite a muitos de nossos jovens. Dai coragem às pessoas convidadas. Dai força para que vos sejam fiéis como apóstolos leigos, como sacerdotes, como religiosos e religiosas, para o bem do povo de Deus e de toda a humanidade. Amém!

Animador: Pai Nosso… Ave Maria… Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo…

BÊNÇÃO:
A: Que ao ouvir um chamado, você possa despertar para a voz de Deus.
Quando você despertar para a voz de Deus, diga sim.
Quando você disser sim, siga fielmente.
Quando você seguir fielmente, pode entregar sua vida.
Quando você entregar sua vida, o povo de Deus será abençoado.
EM NOME DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO. AMÉM!

CANTO:
Poucos os operários,
poucos trabalhadores
e a fome do povo aumenta mais e mais.
És o Senhor da messe, ouve esta nossa prece,
põe sangue novo nas veias da tua Igreja.

  1. Falta pão porque falta trigo.
    Falta trigo porque não semeiam,
    e faltam semeadores
    porque ninguém foi lá fora chamar.
    Falta fé porque não se ouve.
    Não se ouve porque não se fala
    e falta esse jeito novo
    de levar luz e de profetizar.
Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *