SagradaFamilia

O encerramento do Ano da Família

A Diocese de São José do Rio Preto celebrou, em comunhão com o Papa Francisco, o encerramento do Ano da Família Amoris Laetitia. Missa, na Catedral de São José, favoreceu o caráter multicêntrico proposto pelo Pontífice: enquanto o X Encontro Mundial das Famílias acontecia em Roma, a programação também alcançava as Igrejas Particulares em todo o mundo. O registro fotográfico é de André Botelho.

OdenacaoPePaulo

Vocação: um chamado do coração

No Evangelho, encontramos muitas mensagens que nos convidam a seguir Jesus Cristo e edificar a Igreja com as nossas vocações. Em Marcos, capítulo 16, versículo 15, está escrito: “Ide pelo mundo inteiro e proclamai o Evangelho a toda criatura!”. Essa passagem é de grande importância para reconhecermos o chamado de Deus que nos convida a viver e realizar seu projeto de amor.

Dessa forma, cabe a nós entendermos e aceitarmos ou não os planos que Ele tem para nossas vidas. Todo homem e toda mulher têm um dom cujo caminho para a santidade pode ser vivido de diversas formas, na vida leiga, matrimonial, sacerdotal ou religiosa. Por isso, é importante conhecer-se e explorar qual é seu chamado na vida da Igreja.

Vocação Sacerdotal
A vocação sacerdotal é um chamado de Deus para alguns homens dentro do povo a se tornarem um representante do sagrado como a própria palavra já nos indica: sacerdos significa sagrado e otis significa representante.
O sacerdote, o presbítero, ou ainda, o padre, como geralmente é chamado, recebe o sacramento da Ordem que lhe confere o dever de ensinar e santificar (por meio da liturgia). “O amor de Deus um dia me elegeu, me chamou, me capacitou me preparou e me consagrou para ser Ministro da Igreja”, destacou o neo-sacerdote Paulo Henrique Castro (acompanhe no quadro a seguir).

Vocação Matrimonial
“Viver a experiência de acolhimento na família é vencer a cada dia com fé e com amor”, afirma o casal coordenador da pastoral familiar diocesana, Benício e Maria. Na união sacramental, uma das vocações na Igreja e dos cristãos, homem e mulher são chamados a viver uma experiência de doação e apoio mútuo, confiança e santificação. Os cônjuges recebem o mandato divino de santificar um ao outro, de serem corresponsáveis pela vida interior e conversão da família para Deus.

“É importante buscar o conhecimento, formação e ter disponibilidade para aceitar o outro com as suas limitações, suas tristezas suas alegrias e esperanças, assim recebemos esta vocação e serviço de Deus que nos permite participar desse projeto gerador da vida em todos os lugares, pois a igreja é família de famílias”, finaliza o casal.

Vocação Religiosa
Na vocação religiosa, homens e mulheres buscam, em diferentes carismas e atuações, viver verdadeiramente seus votos de castidade, obediência e pobreza, sendo testemunhos vivos do Evangelho. “Na vida religiosa, assumimos o compromisso de viver a santidade de modo radical. Isso não faz de nós mais santos, mas é como uma luz na nossa estrada, a nos ajudar a não desviar do caminho.”, esclarece a irmã Clara.

A irmã também explica que a fé é a base da vida religiosa. “É ao mesmo tempo dom e exercício. Por vezes ela está latente; outras vezes está escondida e é preciso buscá-la. Vivemos a espiritualidade do abandono à Providência de Deus, e por isso a fé é a terra da nossa vocação”, finaliza.

Vale lembrar que a vida religiosa não é um processo que ocorre da noite para o dia. Há uma caminhada intensa para que se possa adquirir todo o conhecimento formal e espiritual necessários para se chegar à chamada consagração que acontece por meio da realização dos votos de pobreza, obediência, castidade e, geralmente, por meio de uma Congregação Religiosa.

Vocação Leiga
Os leigos são os chamados a ser “sal da terra e luz do mundo”, anunciando a obra de Deus e propagando todas as maravilhas que o Senhor criou. São eles que contribuem para a caminhada e crescimento da comunidade dedicando suas vidas para serviços em pastorais, missionários, ministérios e catequeses. “O ser humano nasce para felicidade, busca felicidade, a nossa felicidade se encontra em Deus. A vida no discipulado para Jesus Cristo exige da gente responsabilidade, amor mútuo, amor próprio e estudo”, explica o catequista Tiago Cirqueira Santos.

IrRosangela

Catequista: guardar e alimentar a memória de Deus

Agosto, mês de recordarmos que todos são chamados. Chamados à vida, chamados a ser cristãos, chamados a um ministério na comunidade. No último domingo do mês de agosto, recordamos a vocação dos fiéis leigos e leigas e, de modo especial, a vocação para ser catequista.
Com certeza você se recorda de um catequista que marcou a sua vida. A pessoa do catequista está totalmente ligada à missão da catequese. Poderíamos definir de muitos modos o que é catequese: parte da missão evangelizadora da igreja; parte viva do ministério da Palavra; está a serviço da iniciação à vida cristã; uma ação eclesial; forma privilegiada de educar na fé… e muito mais.
Com todas essas definições sobre catequese, teríamos também muitos modos de definir a missão e vocação do catequista.
Ficaremos com uma simples e profunda definição dada pelo nosso querido papa Francisco em uma jornada de catequese.
“Quem é o catequista? É aquele que guarda e alimenta a memória de Deus; guarda-a em si mesmo e sabe despertá-la nos outros. O catequista é precisamente um cristão que põe esta memória ao serviço do anúncio; não para dar na vista, nem para falar de si, mas para falar de Deus, do seu amor, da sua fidelidade. Falar e transmitir tudo aquilo que Deus revelou, isto é, a doutrina na sua totalidade, sem cortes nem acréscimos. Isto é difícil! Compromete a vida toda!”
E continua o papa: “O catequista é pessoa da memória de Deus, tem uma relação constante, vital com Ele e com o próximo; pessoa de fé, que confia verdadeiramente em Deus e põe n’Ele a sua segurança; pessoa de caridade, de amor, que vê a todos como irmãos; é ‘hypomoné’, pessoa de paciência e perseverança, que sabe enfrentar as dificuldades, as provas, os insucessos, com serenidade e esperança no Senhor; pessoa gentil, capaz de compreensão e de misericórdia. Peçamos ao Senhor para sermos todos, homens e mulheres que guardam e alimentam a memória de Deus na própria vida e a sabem despertar no coração dos outros.”
Eu tenho a felicidade de me encontrar sempre com a minha catequista. Ela continua exercendo seu ministério ainda hoje. E você se recorda da sua? Já rezou por ela?
Rezemos pelos nossos catequistas, mulheres e homens que guardam e alimentam a memória de Deus em nossas vidas!

mesvocacional

Agosto: mês Vocacional

Padre Reinaldo explica o conceito do cartaz. Na arte, o Cristo ressuscitado busca evidenciar a boa notícia, o autor da vida, do chamado vocacional e da missão.

O Coração e mãos chagadas representam o amor, a doação e os desafios na promoção e no cuidado para com a vida, dom vocacional.

A Cruz, de acordo com ele, significa a vitória da vida sobre a morte, árvore da vida e esperança.  A mulher representa o primeiro anúncio e testemunho vocacional.

A Luz e Caminho representa a fé que ilumina todo o itinerário e a missão vocacional.

Sobre a temática do Mês Vocacional 2022

Em entrevista ao portal da CNBB, o padre João Cândido Neto, assessor da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, salientou que a proposta do Mês vocacional 2022 é anunciar a verdade de que Cristo vive.

“Nós somos suas testemunhas, a exemplo de Maria Madalena no Evangelho, e a nossa missão como Igreja é anunciar a todo mundo que Cristo está vivo e que nós vimos o Senhor, experimentamos a sua presença, experimentamos que ele caminha conosco, fala conosco, que o seu amor é maior do que a própria morte”, disse.

Padre João Cândido disse que o tema do Mês Vocacional quer ajudar toda a Igreja do Brasil a testemunhar o centro da fé cristã. “Jesus está ressuscitado, venceu a morte e ele nos chama para ser sua testemunha no meio deste mundo”.

O assessor contou, ainda, que o Mês Vocacional 2022 estará bem próximo da abertura do Ano Vocacional que terá início no dia 20 de novembro de 2022.

“Que este Mês Vocacional possa aquecer o coração de cada pessoa, de cada cristão para esse despertar vocacional de toda a Igreja. A Igreja vive a vocação sempre como graça e missão porque Jesus está vivo e nós somos testemunhas”, finalizou.

demo-attachment-55-simon-zhu-1204956-unsplash

My two natures had memory in common

The insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image, and the breath A wonderful serenity has taken possession of my entire soul, like these sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now. When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary.

Which was created for the bliss of souls like mine. I am so happy, my dear friend.

demo-attachment-52-simon-zhu-1002611-unsplash

The face of the moon was in shadow

The insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image, and the breath A wonderful serenity has taken possession of my entire soul, like these sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now. When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary.

Which was created for the bliss of souls like mine. I am so happy, my dear friend.

demo-attachment-53-simon-zhu-1002615-unsplash-1

The recorded voice scratched in the speakers

The insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image, and the breath A wonderful serenity has taken possession of my entire soul, like these sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now. When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary.

Which was created for the bliss of souls like mine. I am so happy, my dear friend.

demo-attachment-54-simon-zhu-1002616-unsplash

25 Anos da Rede de Comunidades


Que alegria, estamos celebrando 25 anos de Redes de Pequenas Comunidades. Este nosso jeito original de ser Igreja, como a do Atos dos Apóstolos, sempre será prioridade da Igreja, do Espírito Santo, por isso, meus irmãos e irmãs animadores e animadoras de comunidades, mais uma vez apresentamos os roteiros dos encontros do mês de agosto. Rezemos para que o Senhor nos mande mais operários para a messe e que nos use para renovar nossas redes de comunidades em Comunidades Eclesiais Missionárias.
E não se esqueçam: vamos preparar bem os encontros, convidar mais pessoas… não desanimem. Avancemos para águas mais profundas e lancemos as redes.
Pe Natal – Animador Diocesano

demo-attachment-44-mick-haupt-1215576-unsplash

The untapped gold mine of travel that virtually no one know about

These sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, which was created for the bliss of souls like mine. I am so happy, my dear friend, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now. When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary.

The insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image, and the breath A wonderful serenity has taken possession of my entire soul.

demo-attachment-39-jeremiah-higgins-208802-unsplash

Secrets to getting travel to complete tasks Quickly And Efficiently

These sweet mornings of spring which I enjoy with my whole heart. I am alone, and feel the charm of existence in this spot, which was created for the bliss of souls like mine. I am so happy, my dear friend, so absorbed in the exquisite sense of mere tranquil existence, that I neglect my talents. I should be incapable of drawing a single stroke at the present moment; and yet I feel that I never was a greater artist than now. When, while the lovely valley teems with vapour around me, and the meridian sun strikes the upper surface of the impenetrable foliage of my trees, and but a few stray gleams steal into the inner sanctuary.

The insects and flies, then I feel the presence of the Almighty, who formed us in his own image, and the breath A wonderful serenity has taken possession of my entire soul.